domingo, 28 de setembro de 2008

Bateram na carrinha armada em jipa...


Que m***a... a 4 dias de abandonar as idas e vindas para este sitio, bateram na carrinha do meu amor. Ninguem se aleijou mas a alma doi com o arranjo que o carro vai precisar.

Sem comentários: